L-Valina: saiba o que é, para que serve e os seus benefícios

Gostou? Compartilhe!

Quem está em busca de acelerar os ganhos de músculos na academia, já sabe que o BCAA é um grande aliado para conseguir o objetivo. No entanto, poucos atletas e praticantes de musculação que utilizam esse poderoso suplemento esportivo para aumentar a massa muscular conhece as funções de cada um dos três aminoácidos de cadeia ramificada (valina, leucina e isoleucina) presentes na fórmula do produto.

Por isso, no post de hoje, nós vamos falar sobre a valina, para que ela serve e quais são os benefícios do seu consumo diário no organismo, além de outras informações para que você que faz uso do BCAA entenda porque o suplemento é tão importante para a hipertrofia dos músculos. Na maioria dos casos, a valina é ingerida junto com os outros dois BCAAs (que é o modo correto de tomá-la), mas você também pode encontrá-la em alguns alimentos, como vamos te mostrar no decorrer desse artigo.

Quer saber mais sobre a valina e qual é o seu papel no ganho de massa muscular? Então, continue lendo esse texto e confira essa e outras informações sobre o poderoso aminoácido. Vamos lá?

O que é a L-Valina?

A valina é um dos três aminoácidos de cadeia ramificada, junto com a leucina e isoleucina, que são importantes para o bom funcionamento do nosso corpo, além de favorecer o ganho de massa muscular. Ela faz parte do grupo dos nove aminoácidos essenciais que não são produzidos naturalmente pelo organismo humano, mas devem ser obtidos por meio da alimentação e suplementação.

Como a valina constitui cerca de 70% das proteínas presentes no corpo, ela pode ajudar não só na hipertrofia muscular, como também no metabolismo do sistema nervoso. Por estes e outros motivos, que você vai conhecer no decorrer desse artigo, a valina é tão indispensável para a nossa saúde.

Para que serve?

valina-para-que-serve

A valina é essencial para a manutenção da saúde e da beleza corporal, uma vez que acelera o metabolismo e crescimento dos músculos, além de controlar os níveis de nitrogênio no organismo.

Por este motivo, ela também é ideal para atuar no sistema nervoso, combatendo o estresse, na melhora do sistema imunológico e no tratamento de complicações na vesícula biliar e do fígado.

Para quem pratica atividades físicas intensas de forma regular, a valina pode auxiliar na recuperação das fibras musculares que sofreram lesões durante os treinos e no fornecimento de energia para as células através da liberação de glicose, que se transforma em insulina no sangue. Desta forma, é possível obter não só um maior valor energético para malhar, como também evitar o catabolismo muscular.

Quais são os seus benefícios?

Como você já percebeu lendo os parágrafos anteriores, a valina serve não só para fornecer energia para o corpo e impedir o catabolismo (utilização dos músculos como fonte de energia e perda de massa muscular) como também para recuperar a musculatura das microlesões após os exercícios físicos.

Estes fatores são o que torna o aminoácido um excelente aliado no ganho de massa muscular de forma mais rápida. Porém, este não é o seu único benefício. Veja:

Combate a insônia e o estresse

Ao consumir a valina diariamente, é possível melhorar o funcionamento do sistema nervoso, contribuindo para o controle do estresse e nervosismo e potencializando as atividades cerebrais, como a concentração e o foco. Automaticamente, também é possível utilizar o aminoácido no combate à insônia, principalmente aquela causada por altos níveis de estresse e ansiedade.

Controla o apetite

Por melhorar o metabolismo do sistema nervoso, é possível usar a valina também para combater a fome excessiva, acalmando a mente e inibindo o apetite. Por isso, o consumo do aminoácido é considerado uma ótima opção para quem quer emagrecer.

Fortalece o sistema nervoso

A valina ajuda no fortalecimento do sistema imunológico, melhorando a resposta das células de defesa do organismo nos casos de cirurgias, traumas, febre e infecções.

Mantém os níveis de glicose no sangue

Outra maneira de usar a valina para emagrecer é através da sua atuação no controle das taxas de açúcar no sangue, que é essencial para a perda de peso. Isso porque a manutenção da glicose pode ajudar de forma significativa no controle do apetite.

Melhora a resistência física

Assim como outros dois BCAAs (leucina e isoleucina), a valina também pode ser utilizada como fonte de energia para os treinos, que podem trabalhar melhor durante as séries na academia antes de chegar a sensação de fadiga.

Quantidade diária recomendada

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a quantidade diária recomendada de valina é de 26 mg por quilo de peso corporal. Ou seja, se você pesa 70 Kg, o consumo do aminoácido por dia seria de aproximadamente 1,820 mg.

Porém, no caso de atletas e praticantes de atividades físicas, essa ingestão pode ser um pouco maior para potencializar a eficiência no ganho de massa muscular. Neste caso, seria necessária uma consulta com um médico ou nutricionista para indicar as dosagens.

Alimentos ricos em valina

valina-beneficios

Apesar de a maioria das pessoas consumirem a valina apenas a partir da suplementação, como o BCAA, o aminoácido também pode ser obtido através da alimentação. Existem alguns alimentos ricos neste nutriente que podem potencializar a dieta e ajudar no ganho de massa muscular.

Dentre eles estão os laticínios, ovos, soja e seus derivados, carne vermelha e frango, leguminosas (lentilha, feijão, grão de bico, amendoim torrado, etc.), Whey Protein, frutas e verduras (batata, brócolis, laranja, banana, etc.), peixes, nozes e sementes (sementes de gergelim, chia, amêndoas, sementes de abóbora, sementes de girassol, sementes de melancia, castanha de caju, linhaça, etc.), cogumelos e cereais integrais.

Suplementação

Como é na maior parte dos casos, se você quiser também pode obter a valina a partir de suplementos específicos. No entanto, até o momento, não existem benefícios do aminoácido registrados sem a presença dos outros BCAAs (leucina e isoleucina). Por isso, tomar suplementos com todos os BCAAs é o mais recomendado para favorecer o ganho de massa muscular e manter a saúde em dia.

Efeitos colaterais

Ao consumir a valina através da alimentação, não há registro de nenhum efeito colateral que possa ser sentido. No entanto, no caso de quem optar pela suplementação, dosagens exageradas podem resultar em problemas no fígado e nos rins, além de aumentar a quantidade de amônia na circulação sanguínea.

Por outro lado, a falta do aminoácido no organismo pode acarretar a perda de massa muscular, aumento do apetite, problemas na pele e complicações neurológicas.


Gostou? Compartilhe!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *